Sexta-Feira, 20 de Outubro de 2017
Home > Notícias > Saúde
16.Jan.2015

Tenha uma boa hora

Atriz crissiumalense conta como são feitos os partos normais na Itália e no Canadá, onde passou pela experiência recentemente ao dar vida à Lisa

A crissiumalense Lesley Leichtweis Bernardi foi mãe pela segunda vez, recentemente, na cidade de Montréal,  Quebéc, no Canadá, onde reside com o esposo e o primogênito Marvin, de 3 anos.

Ela já morou em cinco países e seus filhos nasceram cada um em um continente. Lesley compartilha hoje as diferenças culturais no parto e compara com o que conhecia anteriormente. Lesley relata que os dois filhos  nasceram de parto normal sem anestesia, mas o Marvin teve um parto induzido com 41 semanas e 4 dias, e a Lisa parto natural com 41 semanas e 3 dias. Marvin nasceu em Sesto San Giovanni – Milano – Itália e  Lisa - 2 meses, Montréal – Quebéc – Canadá.

- Era um sonho ser mãe? Você pensava nisso sempre ou com o tempo você amadureceu a ideia?

Lesley - Eu sempre gostei de crianças, mas não pensava na maternidade, não era uma necessidade para mim. Meu marido porém queria muito ser pai, então amadurecemos a ideia. Decidimos que deveríamos ter dois filhos para que um fizesse companhia ao outro, já que morávamos fora do Brasil e mudávamos constantemente de país. Depois da decisão de ter filhos, tomei todas as precauções, como vacinas e exames e comecei a tomar acido fólico.

- E a escolha do parto, foi uma escolha ou uma necessidade?

Lesley - Foi uma escolha. Havia me informado sobre todos os riscos, vantagens e desvantagens então eu sabia que o parto natural era a melhor opção para mim e para o bebê.

- Como foi o primeiro parto, na Itália, com marvin?

Lesley – Na  Itaáia, a maioria dos partos é normal, mas em alguns hospitais o ambiente é mais propício que em outros. Escolhi o Hospital Città di Sesto San Giovanni, pois sabia que o médico chefe da obstetrícia era muito preocupado com a questão da maternidade sem interferências e onde o índice de cesárias era de 9%.  O hospital também oferecia cursos de pré-parto. Tive um maravilhoso acompanhamento pré-natal, mas o Marvin atrasou. Neste hospital se faz indução a partir de 10 dias de atraso e foi o que aconteceu. O meu parto foi realizado por uma parteira, mas como foi induzido, o Marvin foi analisado por um pediatra que estava presente durante o parto e um obstetra veio me examinar. Tudo ocorreu bem e 20 minutos depois ele estava mamando. Da indução ao nascimento foram 11 horas, tive bastante sorte pois algumas induções podem levar até 72 horas. Ele nasceu com 3.680kg e 52cm.

-  E como foi o parto da Lisa, no Canadá?

Lesley  - Minha experiência com o primeiro bebê me deu certeza da minha capacidade e que queria repetir, mas aqui no Canadá fiz uma escolha ainda mais radical: escolhi uma casa de parto, é um espaço que lembra uma casa e eu seria atendida apenas por parteiras. Fiz o acompanhamento pré- natal e o parto na Maison de Naissance Cote-des-Neiges com duas parteiras. Achei maravilhoso, pois durante todo o tempo me senti muito a vontade. Além do meu marido no parto da Lisa, estavam presentes minha irmã e meu filho. Eu poderia ter feito o parto com a mesma equipe em um hospital e/ ou na minha residência.

Importante salientar que se fosse necessária a indução eu seria obrigada a ir para o Hospital de suporte com as parteiras, pois a  indução acelera e intensifica as contrações e alguns bebês não reagem bem, então os batimentos cardíacos precisam ser monitorados continuamente, se houverem complicações uma cesariana pode ser necessária. O mesmo vale para partos com anestesia, que  precisam ser realizados em ambiente hospitalar.

No parto natural (sem nenhuma intervenção) os batimentos cardíacos  são medidos de tempos em tempos. Claro que qualquer problema existe a possibilidade de internação hospitalar durante o processo. O parto da Lisa levou 9h e meia,  e ela nasceu com 4.685 kg e 54cm.

- Que motivo  lhe levou a decidir pelo normal?

Lesley - Estatística. Está comprovado que os bebês que nascem no seu tempo, tem menos problemas pulmonares e menos chance de asma e alergias. A recuperação da mãe também é mais rápida e eu ainda não queria correr mais risco de vida,  e ficar com uma cicatriz desnecessária.

-E, o que levou você a “defender” hoje, esse tipo de parto?

Lesley  - A emoção única, o menor risco, ver o bebê  mamando alguns minutos depois de nascer. Toda mulher deveria ter esta oportunidade. Acredito que as mulheres superam o medo quando têm mais informação.

- Quais as diferenças de parto no Brasil e em outros países como o Canadá, onde você  teve essa experiência mais recente?

Lesley - Acho que a principal diferença é que aqui não existe diferença entre uma gestante pobre e uma rica. O sistema de saúde vai cobrir o parto e se você tem saúde, pode escolher médico ou parteira, anestesia ou não;  hospital, casa de parto ou residência.  Na Itália o padrão é indução depois de 41 semanas, aqui no Canadá, somente depois que chegou a 42 semanas, e no Brasil, se a criança chegou a 40 semanas e não nasceu ainda, é cesariana.

Outra coisa é o exame de toque (colo do útero):  na Itália, a primeira vez que tocaram o colo, foi quando passou 3 dias das 40 semanas, aqui só com 41 semanas, no Brasil o exame de toque começa nas 38 semanas e ainda com ameaça, dizem “não dilatou ainda”, mas não deveria ter dilatado, a dilatação é uma fase do trabalho de parto.

- E o que é o principal para você em passar pelo parto normal?

Lesley - Eu achei bem importante estar bem disposta logo depois do parto. Na Itália fiquei internada 2 dias e aqui um. Na verdade, pela regra da Casa de Parto, eu poderia ir para minha casa três horas depois, mas era convidada a ficar para descansar.  Eu estava inteira pronta para  poder curtir aqueles momentos únicos dos meus filhos descobrindo a vida.

- E as mulheres canadenses, como elas encaram essa decisão, sobre o parto?

Lesley - Na verdade não existe escolha aqui entre parto normal e cesariana. Escolhe-se onde vai ter o filho, qual hospital e ou se vai ser em casa. A cesariana é para quando precisa. As mulheres sabem os riscos, as únicas que solicitam cesariana são justamente algumas brasileiras que têm muito medo. Participo de uma comunidade de bebês no Canadá e percebo que o medo do parto é uma das maiores dúvidas das recém- chegadas.

Algum recado para as brasileiras, especialmente as gestantes?

Lesley - Para quem tem medo da dor, acredito que a opção é o parto com anestesia, pois tem as vantagens do parto normal e menos dor. Digo que acreditem na sua capacidade, procurem um médico que entenda que um bebê pode nascer alguns dias depois das 40 semanas (principalmente o primeiro costuma atrasar), descubra o que será feito se você precisar adiantar o parto, pois algumas condições não permitem uma gestação longa, como a diabetes gestacional por exemplo. Não acredite se disserem que seu bebê é muito grande, a Lisa tinha mais de 4kg e meio e eu não tive nenhuma laceração. Faça cursos preparatórios, trabalhe respiração, yoga e massagens. Faça o seu parceiro participar, envolva a família, no final você vai precisar de apoio. Se você não tem ninguém, contrate uma doula, ajuda para a questão física e suporte psicológico também. Converse com o bebê (desde dentro da barriga) e depois fique olhando nos olhos dele por muito tempo. Uma boa hora e muita saúde para vocês e os bebês!! 

Ah, recomendo a leitura deste blog que tem muitas informações em português e a médica escreve conhecendo a situação brasileira:

http://estudamelania.blogspot.com.br/2012/08/indicacoes-reais-e-ficticias-de.html

 

ANS publica normas para incentivar parto normal no Brasil

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou a Resolução Normativa nº 368, que estabelece normas para o estímulo ao parto normal e a consequente diminuição das cesarianas desnecessárias na saúde suplementar. De acordo com o texto, as usuárias de planos de saúde poderão solicitar aos planos os percentuais de cirurgias cesarianas e de partos normais por estabelecimento de saúde e por médico obstetra. As informações deverão estar disponíveis no prazo máximo de 15 dias, contados a partir da data de solicitação.

Outra mudança prevê a obrigatoriedade de as operadoras fornecerem o cartão da gestante, no qual deve constar o registro de todo o pré-natal. Dessa forma, de posse do documento, qualquer profissional de saúde terá conhecimento de como se deu a gestação, facilitando o atendimento à mulher quando ela entrar em trabalho de parto.

Ainda de acordo com a resolução, caberá às operadoras orientar os obstetras para que usem o partograma, documento gráfico em que são feitos registros de tudo o que ocorre durante o trabalho de parto. De acordo com as novas regras, o partograma passa a ser considerado parte integrante do processo para pagamento do procedimento.

Atualmente, 23,7 milhões de mulheres são beneficiárias de planos de assistência médica com atendimento obstétrico no país, público-alvo das medidas. Dados do governo federal mostram também que, no Brasil, o índice de cesarianas chega a 84% na saúde suplementar.

O Ministério da Saúde alertou que a cesariana, quando não há indicação médica, causa riscos desnecessários à saúde da mulher e do bebê: aumenta em 120 vezes a probabilidade de problemas respiratórios para o recém-nascido e triplica o risco de morte da mãe. Cerca de 25% dos óbitos neonatais e 16% dos óbitos infantis no Brasil estão relacionados à prematuridade.

Por: Neila Daronco/ A Notícia Regional

 

 
Galeria de fotos
 
   
Comentários dos leitores Seja você o primeiro a comentar essa Notícia.
Expresse sua opinião, colabore com o site
 
(E-mail)
 
Notícias relacionadas
 
04.Ago.2017 :: Esta é a Semana Mundial de Aleitamento Materno. A data tem como objetivo conscientizar sobre os benefí
04.Ago.2017 :: A equipe administrativa do Hospital de Caridade de Crissiumal segue cumprindo as metas orientadas pela VGV Consultor
04.Abr.2017 :: Para marcar o Dia Mundial da Saúde, em 7 de abril, a Secretaria Municipal da Saúde promove uma Palestr
27.Jan.2017 :: O Hospital de Caridade de Crissiumal promoveu nesta sexta-feira, a primeira Campanha de Doação de Sang
25.Jan.2017 :: Comece o ano de forma solidária e carinhosa! A parceria entre o Hospital de Caridade de Crissiumal e o Hemoce
13.Dez.2016 :: A semana começou com boas notícias nos corredores do Hospital de Caridade de Crissiumal (HCC) pois o I
09.Nov.2016 :: A Secretaria Municipal da Saúde, através das Vigilâncias Sanitária, Ambiental e Epidemiol
07.Out.2016 :: A Campanha de Doação de Sangue realizada hoje pela manhã no HCC de Crissiumal chegou a 80 doado
16.Set.2016 :: Tendo em vista a complexidade do atual Calendário Nacional de Vacinação, que dispõe de 1
01.Ago.2016 :: O inverno chega oficialmente em 21 de junho, data alusiva ao Dia Nacional da Prevenção à Asma.
14.Jul.2016 :: O ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente, foi instituído pela Lei 8.069 no dia 13 de julho de 1990
01.Jul.2016 :: Médicos e enfermeiros dos cinco postos da Estratégia de Saúde da Família de Crissiumal e
01.Jul.2016 ::     Em qualquer tipo de empresa as lideranças administrativas têm a função
20.Jun.2016 :: A Diretoria do HCC esteve reunida na tarde desta quarta-feira com o presidente do Sindisaúde – Regional
20.Jun.2016 :: O Hospital de Caridade de Crissiumal realizou na sexta-feira, 10 de junho, mais uma tradicional Campanha de Doa&cced
13.Abr.2016 :: O Setor de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Crissiumal aguarda o resultad
23.Fev.2016 :: A noite de segunda-feira, 22, foi de grande relevância para o Hospital de Caridade de Crissiumal, que inicia n
19.Fev.2016 :: Para auxiliar no trabalho já realizado pelas agentes de saúde de Crissiumal para combater a prolifera&
15.Fev.2016 :: O sábado, 13 de fevereiro, foi a data escolhida para combater os focos do mosquito Aedes aegypti, que assusta
12.Fev.2016 :: Desde o final do ano de 2015 a Secretaria da Saúde chama a atenção para a importância da
02.Fev.2016 :: A partir deste mês de Fevereiro, inicia no Hospital de Caridade de Crissiumal, um novo projeto, e a equipe de
01.Fev.2016 :: Mulheres que apresentam dificuldades para engravidar encontram no Hospital Unimed de Ijuí, um método p
13.Jan.2016 :: A situação é grave no Nordeste. A situação é preocupante no Sul do Brasil,
29.Set.2015 :: O mês de setembro foi escolhido pela Associação Internacional de Prevenção do Suic
19.Ago.2015 :: A Campanha Nacional de Vacinação teve, no dia 15 de agosto, o dia de mobilização naciona
13.Jul.2015 :: Para mostrar a indignação com a área da saúde e com as pessoas que nela trabalham, o Sin
09.Jul.2015 :: Com o atraso no pagamento dos salários das equipes de enfermagem do Hospital de Caridade de Crissiumal, os co
07.Jul.2015 :: O Hospital de Caridade de Crissiumal é mais uma das entidades filantrópicas do RS que está susp
29.Jun.2015 :: A Escola Estadual de Ensino Médio Rocha Pombo oportunizou às alunas do 7º ano do Ens. Médi
15.Jun.2015 :: O Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável - COMSEA – convida para pa
27.Mai.2015 :: A Campanha de Doação de Sangue a ser realizada pelo Hospital de Caridade foi remarcada para o dia 3 de
03.Jun.2015 :: Conforme orientação do Ministério da Saúde para todos os estados do país, o Rio G
12.Mai.2015 :: Andar de bicicleta é algo que na maioria dos casos se aprende na infância, usando rodinhas para n&atild
13.Mai.2015 :: Nesta quarta-feira, 13 de maio, as 245 Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul realizam m
30.Abr.2015 :: Uma reunião na tarde de quinta-feira, 30 de abril, na sede da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde
27.Abr.2015 :: Na semana passada, assessoras pedagógicas da 21ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE)
24.Abr.2015 :: A Administração Municipal de Crissiumal, através da Secretaria Municipal de Saúde, reina
15.Abr.2015 :: A Vigilância Sanitária de Crissiumal está alerta quanto aos dados de infestação do
10.Abr.2015 :: Aconteceu na manhã desta quarta-feira (08/04), das 08h às 12h, em Crissiumal, a Blitz da Saúde,
10.Abr.2015 :: O Dia Mundial da Saúde não passou em branco na Secretaria Municipal de Saúde de Crissiumal.

24.Mar.2015 :: O Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunização, retoma no dia 24 de
24.Mar.2015 :: O Ministério da Saúde alerta para o cuidado redobrado com a proliferação de mosquitos. O
05.Mar.2015 :: Na quarta-feira, 04 de março de 2015, a Polícia Civil de Crissiumal, coordenada pelo Delegado de Pol&i
13.Fev.2015 :: Em funcionamento há mais de um ano, a assistente social do Hospital de Caridade de Crissiumal, Dulce Avozani
11.Fev.2015 :: A Secretaria Municipal de Saúde de Crissiumal promove nesta sexta-feira, 13 de fevereiro, um momento para tro
09.Fev.2015 :: No dia 04 de janeiro, comemorou-se o Dia Mundial do Combate ao Câncer, doença considerada um problema d
10.Nov.2014 :: O cereal que é a base da alimentação dos povos em todos os cantos do planeta tem um dia especia
04.Nov.2014 :: O promotor de Justiça Ronaldo Arbo recebeu os resultados das análises do leite suspeito de conter um c
03.Nov.2014 :: O câncer de próstata é o câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás ape
24.Out.2014 :: O Centro de Referência Psicossocial de Crissiumal iniciou suas ações para o controle do tabagism
29.Set.2014 :: A diretoria do Hospital de Caridade de Crissiumal (HCI) apresentou na tarde desta segunda-feira, os novos equipament
26.Set.2014 :: O Hospital de Caridade de Crissiumal promove a cada semestre, campanhas de Doação de Sangue, para faci
22.Set.2014 :: Como era de se esperar, os índices de incontinência urinária aumentam à medida que a idad
18.Set.2014 :: Na próxima quinta-feira, dia 25 de setembro, o Hospital de Caridade de Crissiumal se junta &
15.Set.2014 :: Estimular a doação coletiva e contínua, contribuindo com o banco de sangue e com pacientes que
11.Set.2014 :: Após registro na Brigada Militar e Polícia Civil, o caso de uma consumidora ter encontrado um ser estr
10.Set.2014 :: A equipe da Secretaria Municipal de Saúde efetuará até esta quinta-feira (11/08), a aplica&cced
08.Set.2014 :: Na sexta-feira à noite, 5 de setembro, uma mulher registrou na Polícia Militar de Crissiumal que havia
26.Ago.2014 :: A reunião de supervisão do Programa Mais Médicos do Governo Federal, que acontece mensalmente,
22.Ago.2014 :: A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, através da 17ª Coordenadoria Regional de Sa&
15.Ago.2014 :: A novidade do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) é a habilitação para mais dois servi&cc
11.Ago.2014 :: Foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (08/08), o 5º ESF da Secretaria de Saúde de Crissiumal.
04.Ago.2014 :: Apesar de a espécie humana, por ter evoluído e, mantido 99,9% da sua existência na terra amament
04.Ago.2014 :: O produtor rural Orlando Borsatto e sua esposa Célia residem na comunidade de Linha Brasil e há quase
25.Jul.2014 :: O fisioterapeuta André Luiz Selzler fala dos benefícios em buscar na fisioterapia também a prev
06.Jun.2014 :: Dr. Fernando V. Bueno frisa a importância do diagnóstico precoce

 

<
03.Jun.2014 :: A SMS informa que recebeu lote extra de vacinas contra a gripe. A vacinação será no dia 04 de j
23.Mai.2014 :: Campanhas esclarecedoras sobre os malefícios das drogas podem colaborar com a redução do co
26.Mai.2014 :: Faça 15 minutos de qualquer exercício físico, registre em fotos e envie para o e-m